Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/20596
Title: Análise do Programa Academia da Saúde à luz dos pressupostos teóricos e metodológicos da promoção da saúde
Other Titles: Analysis of the Health Academy program in the light of the theoretical and methodological assumptions of health promotion
Advisor: Brito, Cláudia
Tavares, Maria de Fátima Lobato
Authors: Padilha, Monique Alves
Abstract: O Programa Academia da Saúde (PAS) é um programa recente, criado em 2011, com objetivo de contribuir para a promoção da saúde, produção do cuidado e de modos de vida saudáveis a partir da implantação de polos com infraestrutura e profissionais qualificados. Este estudo objetivou analisar se e como, o PAS é fundamentado nos princípios e diretrizes da promoção da saúde (integralidade, intersetorialidade, empowerment, participação e território). Para tal, este estudo analisou o PAS por meio das suas portarias e manuais do Ministério da Saúde, de acesso público, publicados entre 2011 a 2015, a fim de compreender os objetivos, diretrizes, princípios e eixos de ações que o compõe, entre outros. Os documentos que embasaram a análise da promoção da saúde neste estudo foram a Carta de Ottawa e a Política Nacional de Promoção da Saúde de 2006 e a versão atualizada de 2014. (...) As categorias analisadas foram: integralidade, intersetorialidade, empowerment, participação e território. Identificou-se na pesquisa que o PAS apresenta-se como um programa de promoção da saúde pela sua aproximação com os pressupostos da promoção da saúde: integralidade, participação, empowerment, intersetorialidade e território, e demonstram uma aproximação do programa com o marco teórico selecionado. A descrição do desenho do PAS avança para o rompimento de um modelo de programa de atenção à saúde com foco na doença ou em uma categoria profissional específica em busca do cuidado integral. O PAS é um programa nacional que considera o contexto e a cultura local do território desde o seu desenho, assim como a participação social. Ainda, possui grande potencial de impacto junto à população, na reorientação das práticas profissionais e de cuidado, além de instigar a mobilização social por meio da criação de capacidades para a melhoria das condições de vida.
The Academy Program of Health (PAS) is a recent program, created in 2011, with the aim of contributing to the promotion of health, production of care and healthy lifestyles from the deployment of poles with infrastructure and qualified professionals. This study aimed to examine whether and how, the PAS is based on the principles and guidelines for health promotion (comprehensiveness, intersectoriality, empowerment, participation and territory). To this end, this study examined the PAS by means of their ordinances and manuals of the Ministry of Health, public access, published between 2011 and 2015, in order to understand the objectives, guidelines, principles and priorities for actions to fix it, among others. The documents that underlie the analysis of health promotion in this study were the Ottawa Charter and the National Health Promotion Policy in 2006 and the updated version of 2014. (...) The categories were analyzed: completeness, intersectoriality, empowerment, participation and territory. It was identified in the survey that the PAS presents itself as a health promotion program for its approach with the assumptions of health promotion: completeness, participation, empowerment, intersectorality and territory, and demonstrate an approximation of the program with the theoretical framework selected. The description of the drawing of the PAS advances to the breakup of a model of healthcare with a focus on disease or in a category specific professional in search of comprehensive care. The PAS is a national program that considers the context and the local culture of the territory since its design, as well as the social participation. Still, it has great potential for impact among the people in the reorientation of professional practices and care, in addition to instigate social mobilization through capacity building for the improvement of living conditions. (AU)^ien
DeCS: Promoção da Saúde
Planos e Programas de Saúde
Planejamento em Saúde
Ação Intersetorial
Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 2016
Citation: Padilha, Monique Alves. Análise do Programa Academia da Saúde à luz dos pressupostos teóricos e metodológicos da promoção da saúde. 2016. 122 f. Dissertação (Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2016.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
69.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.