Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/16012
Title: 1... 2... 3... gravando, vídeos de animação como recurso pedagógico: uma experiência com adolescentes da Vila Cafezal – Belo Horizonte/MG
Authors: Nogueira, Maria José
Barros, Héliton
Barcelos, Samuel
Schall, Virgínia Torres
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Minas Gerais, MG, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Minas Gerais, MG, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Minas Gerais, MG, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou. Minas Gerais, MG, Brasil.
Abstract: Segundo dados do IBGE (2001), 21% da população brasileira encontra-se na faixa dos 10 aos 19 anos, sendo 50,4% do sexo masculino e 49,6% do sexo feminino. Estudos apontam que muitos desses jovens ainda não têm acesso a informações e serviços adequados no âmbito da saúde sexual e reprodutiva que garanta aos mesmos o exercício da sexualidade de maneira segura e responsável. Na interface entre a saúde, educação e as questões da sexualidade, buscamos refletir sobre intervenções que possam aumentar o acesso e uso de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) na área da saúde coletiva. Acreditamos ser de fundamental importância o desenvolvimento de projetos que estimulam as capacidades críticas e criativas, encorajando a participação e mobilização da população alvo no design e produção de novas tecnologias. Desse modo, como recurso pedagógico, utilizamos as oficinas de animassinha para a criação de pequenos filmes em desenho animado, usando massinha de modelar e sistema digital para captação e edição do material. A concepção da oficina situa-se no campo da participação no processo de produção midiática e o processo é considerado tão importante quanto o resultado obtido. É através do processo de produção que os participantes travam contato com os elementos de linguagem, necessários à construção de sentido simbólico; apropriando-se da tecnologia, definem o que mostrar e a melhor maneira de expressar suas idéias. Neste processo estão envolvidos diversos saberes: botar a mão na massa; inventar personagens, cenas, ruídos; construir a narrativa. Os vídeos foram realizados por um grupo de adolescentes que fazem parte do Projeto “Amigos do Cafezal” que tem como proposta mais ampla a discussão de questões referentes a sexo e sexualidade com adolescentes de 10 a 14 anos moradores da Vila Cafezal. Foram produzidos 04 vídeos animados. Os temas foram escolhidos pelos adolescentes e ressaltam suas preocupações cotidianas: uso de drogas, uso do preservativo, gravidez indesejada, DSTs. A metodologia participativa foi enriquecedora uma vez que os adolescentes se colocaram enquanto atores no processo de produção possibilitando que o produto final refletisse as preocupações, dúvidas e anseios do próprio grupo.
keywords: Adolescência
Gravidez
Oficinas educativas
Animassinha
Issue Date: 2007
Citation: NOGUEIRA, Maria José et al. 1... 2... 3... gravando, vídeos de animação como recurso pedagógico: uma experiência com adolescentes da Vila Cafezal – Belo Horizonte/MG. In: REUNIÓN DE LA RED DE POPULARIZACIÓN DE LA CIENCIA Y LA TECNOLOGÍA EN AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE, 10., 2007, San José. Anais eletrônicos... San José: RED POP - UNESCO, 2007, 8 p.
Copyright: open access
Appears in Collections:CPqRR - Anais de Congresso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA_NOGUEIRA_CPqRR_2007.pdf160.53 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.